A vida de Pedro, Licenciado em Informática, Capricórnio, que decidiu embarcar na aventura de emigrar para a Suécia.

contacto

jogodasueca@gmail.com

resultados

Março 2014

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

termostato

Gotemburgo, Suécia
Ver previsões para Gotemburgo

Lisboa, Portugal
Ver previsões para Lisboa

Corunha, Espanha
Ver previsões para a Corunha
Segunda-feira, 9 de Julho de 2007

Sei que os Indianos são mesmo diferentes quando...

... o Ram, Indiano, me conta que a sua família está à procura de uma noiva para ele, na Índia. Espantado, pergunto:
- Mas tu casas com ela e nem a conheces?
- Não Pedro, a minha família vê se é uma boa mulher para mim, e manda uma fotografia para eu aprovar.
- Mas se nem conheces a noiva, não achas arriscado?
- Isso não há problema. Antes de me enviarem a foto certificam-se que ela tem um signo compatível com o meu.
jogado por jogo da sueca às 19:53
link do post | pôr carta na mesa | favorito
|
26 comentários:
De Dama do Ocidente a 10 de Julho de 2007 às 15:41
Uau, pensava que eles eram muito ocidentalizados, com a influência britânica!

Ele sabe fazer cartas astrais?

Já agora sabes que tipo de signos são? São iguais aos nossos?
De jogo da sueca a 12 de Julho de 2007 às 13:40
nope, como em todo o lado cartas astrais é para as pessoas q se dedicam à arte.

e sim... estranhamente os signos deles são iguais aos nossos.

se atentarmos ao facto de religiões, línguas e comida serem tão diferentes do resto do mundo, é estranho que nos signos sejam ocidentalizados.
De mafia_is_back a 10 de Julho de 2007 às 10:16
se o signo é compatível então não há problema! LOL
De jogo da sueca a 10 de Julho de 2007 às 10:51
já estou mesmo a ver a seguinte situação num casamento indiano:

Padre: Aceita casar com a noiva?
Noivo: epáaaaaa... eu a modos que acho que ela é a mulher da minha vida, mas lembrei-me agora que não fui ao astrólogo... dá para esperar 5 minutos eqto vou ali ao astrólogo da freguesia a ver se vale a pena continuar com o casamento?

enfim. um facto é que apesar de tudo se processar desta forma, eles são pessoas mais felizes que os ocidentais.

afinal quem é q tem a sabedoria?
De mafia_is_back a 10 de Julho de 2007 às 15:20
não sei se são mais felizes ou não... e tu já aprendeste que generalizar nem sempre é verdadeiro :)
de qualquer forma se o casamento n correr bem, encolhe-se os ombros e diz-se... "a culpa n foi minha..."
De jogo da sueca a 12 de Julho de 2007 às 13:54
o que é incorrecto é, por exemplo, assumir que se uma pessoa é brasileira então é uma pessoa bem disposta.

no entanto não é incorrecto, na minha opinião, fazer este exercício ao contrário. isto é pegar na generalidade das pessoas e afirmar que o povo brasileiro é alegre. foi isso que fiz.

no outro ponto dou-te razão. se o casamento n corre bem encolhem-se os ombros e diz-se que n se pode fazer nada.

mas - e mais uma vez apenas na minha opinião - essa é uma boa forma de ser feliz. na índia de um passado recente - agora os tempos são de mudança e não será tanto assim - se nasces pobre, é suposto morreres pobre. se à partida não te "vendem" o sucesso como chave da felicidade, és uma pessoa feliz, porque não é suposto passares do que já tens. a sociedade não pede mais de ti.

é um pensamento cruel, mas que faz sentido.

no casamento passa-se exactamente o mesmo. é suposto casar com uma pessoa para o resto da vida. é suposto o marido sustentar a casa. é suposto a esposa ser a dona de casa. é suposto ter filhos. é suposto não se divorciarem, porque acima do casamento estão os filhos.

faz-me lembrar das gerações anteriores em Portugal. que se regiam pelas mesmas regras no casamento.

e pensa nos casais de hoje, e nos de antigamente.

os de hoje têm liberdade de escolha, os de antigamente não tanto.

em que é que os de hoje são mais felizes mesmo?
De mafia_is_back a 12 de Julho de 2007 às 16:02
por vezes acho que a liberdade de escolha e de mudar dá-nos mais frustações do que alegria. nessas alturas, se alguém escolhesse por mim o quer que fosse eu sentir-me-ia bem mais tranquila.
mas isso é só às vezes... noutras alturas agradeço poder fazer as minhas õpções!!
Não acho que somos mais ou menos felizes hoje em dia, mas temos mais hipoteses de começar de novo! e como em cada começo há uma esperança de atingir a nossa meta pessoal... estatisticamente deveriamos ser bem mais felizes...
De jogo da sueca a 13 de Julho de 2007 às 10:02
sim, mas se calhar o problema é que hoje em dia se recomeça demasiadas vezes.

além do mais a meta costuma ser sempre algo que mesmo quando atingido, gera uma nova meta.

ou seja, o nível de exigência dispara continuamente, e a dificuldade por atingir a meta também.

e assim é complicado ser feliz.
De mafia_is_back a 13 de Julho de 2007 às 10:48
somos eternos insatisfeitos, mas acho que é da condição humana :)

No fundo a felicidade, tal como a infelicidade, são apenas momentos, na maior parte da vida "vamos andando"

De jogo da sueca a 13 de Julho de 2007 às 10:58
finalmente...

... de acordo! :)

como alguém disse e muito bem, a felicidade não é um momento, mas sim um caminho
De mafia_is_back a 13 de Julho de 2007 às 12:15
acho que estamos de acordo desde o inicio, mas como capricornianos gostamos sempre de por um "mas" nas coisa!
De jogo da sueca a 13 de Julho de 2007 às 12:33
tu queres ver que estamos de acordo outra vez...

MAS se calhar então devia-se rever isso das características do capricórnio
De mafia_is_back a 13 de Julho de 2007 às 12:56
sim, porque NÓS é que sabemos como é que somos (isto de alguém se achar no direito de dizer como é que um capricórnio... tem muito q se lhe diga...)

De jogo da sueca a 13 de Julho de 2007 às 13:19
no further comments
De mafia_is_back a 13 de Julho de 2007 às 13:29
e tb gostamos de dar a última cartada!
De jogo da sueca a 13 de Julho de 2007 às 13:31
desculpa?
De mafia_is_back a 13 de Julho de 2007 às 13:34
gosto de fazer o ultimo comentário, a ultima frase numa conversa... manias...
De jogo da sueca a 13 de Julho de 2007 às 13:37
... parece q tás a perder ...
De mafia_is_back a 13 de Julho de 2007 às 13:41
lol

olha q dois!
De jogo da sueca a 13 de Julho de 2007 às 13:43
isto é um jogo de paciência ou de teimosia?
De mafia_is_back a 13 de Julho de 2007 às 13:44
é só um jogo!

(empatámos pronto...)
De jogo da sueca a 13 de Julho de 2007 às 13:46
sim é melhor arranjar uma solução para isto.

diria assim de repente q...

... quem declara empate é porque perde

mas pronto, já estamos a fugir ao tópico em questão, por isso é melhor ficar por aqui.

perdeste.
De mafia_is_back a 13 de Julho de 2007 às 14:08
eu estava a ser bondosa...

agora....


Perdeste!
De lina a 9 de Julho de 2007 às 23:53
LOL
De Sinhor troglodita a 12 de Julho de 2007 às 15:52
Concordo a 100%. No entanto, apesar de tudo, muita coisa melhorou. Antes se o matido batia na mulher esta tinha de suportar a situação, hoje pode ir-se embora.
De jogo da sueca a 13 de Julho de 2007 às 10:08
sim, concordo em certa parte.

no entanto o teu exemplo não é dos mais felizes. ao que parece a violência doméstica é daqueles crimes silenciosos. a vítima sofre os ataques e não se defende.

ou seja, creio que raramente a causa de um divórcio é a violência doméstica.

e para provocar um pouco mais de polémica até digo: se calhar até há mulheres q inconscientemente se sentem felizes assim. porque se sentem felizes quando cumprem o seu dever de obediência e respeito ao marido.

é claro que estou a ser um pouco exagerado e isto nem de perto nem de longe representará uma % digna de registo.

mas não acham que é possível isto acontecer?

e lá está, mais uma vez se não há poder de escolha, pode haver felicidade.

estranha, a psicologia humana

mandar uma cartada

mais sobre mim

pesquisa

Google

parceiros de jogo

China Ociosidade

China Ruinix em Shangai

Espanha Deu canyes

Inglaterra Dama do Ocidente

Inglaterra Tuga em Londres

Pelo mundo allAround

Pelo mundo Até onde vais com 1000 euros

Pelo mundo Mind this gap

Pelo mundo Tempo de Viajar

Polónia Site do Tiago

Rússia Da Rússia

Suécia Borboleta Pequenina

tags

todas as tags

subscrever feeds