A vida de Pedro, Licenciado em Informática, Capricórnio, que decidiu embarcar na aventura de emigrar para a Suécia.

contacto

jogodasueca@gmail.com

resultados

Março 2014

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

termostato

Gotemburgo, Suécia
Ver previsões para Gotemburgo

Lisboa, Portugal
Ver previsões para Lisboa

Corunha, Espanha
Ver previsões para a Corunha
Sábado, 27 de Dezembro de 2008

A serenata de Oslo

É bom viver na Suécia. Destinos que antes estavam a muitos quilómetros de distância, ficaram de repente à distância de uma viagem de autocarro. Num fim de semana lá fui eu visitar um amigo português a Oslo, na Noruega.
 
Não havia muito que se visse na cidade por isso optámos por disfrutar da noite. E foi a loucura. Começámos por uma jantarada sem olhar a despesas (12€ por um menu big mac). Mandámos abaixo 2 cervejas (só uma cada um, parecendo que não 10€ por uma imperial é caro). Fomos bombar para a discoteca até esta fechar portas (leia-se: 3 da manhã). E perante uma noite tão animada, saímos para a rua ainda em espírito de festa.
 
No nosso percurso para casa eis que avistámos duas ninfas escandinavas. A vir na nossa direcção. Invadidos pelas saudades de Portugal veio à memória a serenata de Coimbra. E decidimos criar a versão norueguesa desta tradição tão nobre: Cantámos Joe Cocker nas nossas vozes bem afinadas...
 
"Yoooooooou are so beautiful, to me.... Can't you seeeeee?"
 
Elas, encarnando o espírito de rapariga portuguesa que é cortejada: não ligaram a tamanha demonstração de afecto e passaram por nós sem ligar nenhuma.
 
Nós, de coração despedaçado: alterarámos a letra para que percebessem a amargura que nos ia no coração...
 
"Yoooooooou are so ugly, to me..."
 
Elas, inesperadamente: vieram ao nosso encontro para pedir explicações e possivelmente partirem para a violência.

Nós, surpreendidos por tanto carinho: Metemos o rabo entre as pernas e refugiámo-nos na casa do meu amigo.
 
Elas, lá da rua: começaram a cantar a sua própria serenata para nós dois.
 
Nós, já no apartamento: fomos espreitar à janela para ver a demonstração de amor.
 
Elas, apaixonadas: lá permaneciam em baixo... A dedicar-nos a sua serenata. Sem guitarrista. Sem traje académico. Sem cantiga. Gritando apenas palavras pouco agradáveis e mostrando toda a sua fúria com gestos.
 
Bonita, a serenata de Oslo.

jogado por jogo da sueca às 06:15
link do post | pôr carta na mesa | ver cartadas (13) | favorito
|

mais sobre mim

pesquisa

Google

parceiros de jogo

China Ociosidade

China Ruinix em Shangai

Espanha Deu canyes

Inglaterra Dama do Ocidente

Inglaterra Tuga em Londres

Pelo mundo allAround

Pelo mundo Até onde vais com 1000 euros

Pelo mundo Mind this gap

Pelo mundo Tempo de Viajar

Polónia Site do Tiago

Rússia Da Rússia

Suécia Borboleta Pequenina

tags

todas as tags

subscrever feeds