A vida de Pedro, Licenciado em Informática, Capricórnio, que decidiu embarcar na aventura de emigrar para a Suécia.

contacto

jogodasueca@gmail.com

resultados

Março 2014

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

termostato

Gotemburgo, Suécia
Ver previsões para Gotemburgo

Lisboa, Portugal
Ver previsões para Lisboa

Corunha, Espanha
Ver previsões para a Corunha
Sábado, 20 de Dezembro de 2008

A tolerância sueca

Se houve coisa que me surpreendeu na Suécia foi a tolerância. Os direitos do homem e da mulher são surpreendentemente nivelados.

Perante tal diferença com a realidade no mundo, decidi falar com os meus colegas adoptando uma postura um pouco irónica...

 

- É impressionante que na Suécia haja tanta igualdade entre sexos. Vocês são tão tolerantes que até deixam as mulheres fazer trabalhos em que os homens são melhores!

- O que é que estás a dizer?!?! - perguntou-me uma das minhas colegas completamente chocada

- Não não... Estava a brincar... Também se vêem homens a fazer trabalhos que as mulheres são mais dotadas. - disse eu para pôr água na fervura.

- O quê?!?! Pedro mas o que é que estás a dizer?!?! - ripostou ela com uma falta de diplomacia pouco sueca

- Então, mas não achas que há trabalhos que os homens, por condicionantes biológicas,  são mais dotados para fazer do que as mulheres e vice versa?

- Oh meu Deus... Eu não acredito no que estou a ouvir! Ainda bem que eu não vivo no Sul da Europa, vocês são todos uns machistas! - acusou ela com uma falta de frieza que definitivamente não a fazia parecer sueca.

 

Seguiu-se uma procissão bonita. Em que cada um dos meus colegas se mostrou em desacordo comigo. Diziam eles que a única razão para haver esta sexualização de trabalhos era meramente cultural.

Eu não discordei deles. Mas tentei fazê-los ver que havia factores além da educação. Existem diferenças no corpo e no cérebro das mulheres e dos homens, que nos acabam por tornar mais ou menos aptos para determinadas profissões.

Não tive sucesso no meu ponto de vista. Ninguém concordou comigo.

Neste dia descobri que os suecos são tão obcecados com a igualdade de sexos que já nem sequer aceitam a hipótese de os homens e mulheres serem efectivamente diferentes.

 

E aprendi uma lição: uma forma camuflada de intolerância,  é mesmo levando a tolerância ao extremo.

jogado por jogo da sueca às 05:56
link do post | pôr carta na mesa | ver cartadas (22) | favorito
|
Segunda-feira, 15 de Outubro de 2007

Acredito que o mito da sueca fogosa pode ser real quando...

... leio a notícia de um rapaz de 17 anos, que foi violado por quatro raparigas nas imediações de Kalmar, no sudeste da Suécia.

A jovem "vítima" denunciou o caso à polícia. Larilas.

Aos olhos de qualquer português esta seria uma bela história de "amor", digna de ser levada até ao café do bairro para contar aos amigos. Quem é que não teria orgulho em partilhar a memorável noite em que apareceram do nada 4 suecas carentes, a pedir gentilmente a colaboração de um jovem moreno e viril. Sim, porque com os homens suecos não se safam (convém sempre adicionar esta parte de preconceito pelo homem sueco. Não é que seja verdade, é só mesmo para deixar em alta o ego da malta).

Podem ler a notícia na íntegra, em inglês, no The Local.
jogado por jogo da sueca às 16:09
link do post | pôr carta na mesa | ver cartadas (35) | favorito
|
Sexta-feira, 12 de Outubro de 2007

As consequências de não saber falar Sueco


Ilustrado por / Illustrated by: Richard Câmara


Lamento. Continuo a não saber falar Sueco. Tudo o que sei resume-se a dizer números, juntamente com algumas expressões e palavras úteis.
No entanto, durante o almoço de hoje com a malta da empresa, o chefe decidiu testar os meus dotes linguísticos perante todos, e perguntou-me:

- Varmi funfe finte remti xina hou? - isto não é Sueco, é apenas o que eu consigo apanhar do que o meu chefe perguntou
- Quatro! - repliquei eu com confiança
- Gamfu femna rundra mirone semti?! - acrescentou ele
- Sim... Quatro...centos! - corrigi eu, sem perceber nada do que se passava

Os meus colegas riam efusivamente. Eu estava de tal forma perdido, que limitava-me a sorrir só para dar uma ideia de permanecer com o ego em alta. Quando as gargalhadas terminaram alguém me fez a tradução do nosso diálogo:

- Então Pedro, quantas Suecas é que já comeste?
- Quatro!
- O quê?!
Já comeste 4 Suecas diferentes?!
- Sim... Quatro...centas!

 

 

The consequences of not speaking Swedish
I’m sorry. I still don't speak swedish.
All I can say is numbers, and some useful words  and expressions.
But during the lunch with the collegues of the office, my boss decided to test my linguistic skills in front of everyone, asking:

- Varmi funfe finte remti xina hou? – this is not Swedish, its just what I got from his question
- Four! – i replied confidently
- Gamfu femna rundra mirone semti?! – he added
- Yeah... Four...hundred! – I corrected, completly lost on the conversation.

Everyone was laughing out loud. I was so lost, that I just smiled to seem I was in control of the situation. When everyone stopped laughing, someone translated our dialog:

- Pedro, with how many Swedish girls did you get laid?
- Four!
- What?! You got laid with four Swedish girls?!
- Yes... Four...hundred!!

jogado por jogo da sueca às 09:06
link do post | pôr carta na mesa | ver cartadas (8) | favorito
|
Sábado, 25 de Agosto de 2007

Acho piada ao Francês da minha casa quando...

... por volta das 10 da noite o vejo a ir para a cama, e digo:

- Rithy, o se o barulho da música te estiver a incomodar avisa que eu baixo.
- Não, deixa estar, não me faz diferença.
- Ok ok, mas fica à vontade para reclamar.
- Bom na verdade... o que eu te peço é só para não fazeres barulho se trouxeres alguma rapariga para o teu quarto.
- Então, assim já incomoda?
- Não não, na verdade nem é por incomodar. É só porque eu me ia sentir um bocado frustrado.
jogado por jogo da sueca às 22:10
link do post | pôr carta na mesa | ver cartadas (2) | favorito
|
Quinta-feira, 5 de Julho de 2007

Gunther: Mais um achado musical da Suécia

A nova pérola da música Sueca que tenho para vos apresentar é Gunther. Assume quase um papel de Zezé Camarinha - só quase, não tiremos o mérito a quem o tem - com a diferença de ser dotado para a música.

 

É regra geral acompanhado pelas agradáveis Sunshine Girls. E os seus vídeo-clips resultam num agradável espectáculo para o público masculino.

 

Para vos dar a conhecer o artista fica a memorável "Ding Dong Song". Vejam, deliciem-se e... procurem mais obras do artista pela internet. Olhem que vale a pena.

 

jogado por jogo da sueca às 11:27
link do post | pôr carta na mesa | ver cartadas (8) | favorito
|
Quarta-feira, 27 de Junho de 2007

As consequências de não falar Sueco

Lamento. Continuo a não saber falar Sueco. Tudo o que sei resume-se a dizer números, juntamente com algumas expressões e palavras úteis.
No entanto, durante o almoço de hoje com a malta da empresa, o chefe decidiu testar os meus dotes linguísticos perante todos, e perguntou-me:

- Varmi funfe finte remti xina hou? - isto não é Sueco, é apenas o que eu consigo apanhar do que o meu chefe perguntou
- Quatro! - repliquei eu com confiança
- Gamfu femna rundra mirone semti?! - acrescentou ele
- Sim... Quatro...centos! - corrigi eu, sem perceber nada do que se passava

Os meus colegas riam efusivamente. Eu estava de tal forma perdido, que limitava-me a sorrir só para dar uma ideia de permanecer com o ego em alta. Quando as gargalhadas terminaram alguém me fez a tradução do nosso diálogo:

- Então Pedro, quantas Suecas é que já comeste?
- Quatro!
- O quê?! Já comeste 4 Suecas diferentes?!
- Sim... Quatro...centas!
jogado por jogo da sueca às 17:57
link do post | pôr carta na mesa | ver cartadas (9) | favorito
|
Terça-feira, 3 de Abril de 2007

Sei que existe igualdade entre Sexos na Suécia porque...

... a pessoa que vem limpar as instalações da minha empresa é um homem.
jogado por jogo da sueca às 13:10
link do post | pôr carta na mesa | ver cartadas (4) | favorito
|
Quinta-feira, 1 de Março de 2007

Sinto-me o Rei do Sexo quando...

... me dou conta que ao saudar uma Sueca com dois beijos na cara, estou a fazer algo com um sentido extremamente sexual.
jogado por jogo da sueca às 14:28
link do post | pôr carta na mesa | ver cartadas (1) | favorito
|

mais sobre mim

pesquisa

Google

parceiros de jogo

China Ociosidade

China Ruinix em Shangai

Espanha Deu canyes

Inglaterra Dama do Ocidente

Inglaterra Tuga em Londres

Pelo mundo allAround

Pelo mundo Até onde vais com 1000 euros

Pelo mundo Mind this gap

Pelo mundo Tempo de Viajar

Polónia Site do Tiago

Rússia Da Rússia

Suécia Borboleta Pequenina

tags

todas as tags

subscrever feeds