38 comentários:
De artesaoocioso a 30 de Março de 2008 às 22:46
A política e os políticos são como nós: a sociedade que temos é a que merecemos.
Só uma pequena nota: quando me reformei tentei colaborar em organizações de solidariedade social.
Não foi fácil porque o leque da oferta é limitado.
Foi para mim uma surpresa que, quer o Estado, quer essas organizações, não aproveitem o potencial, pelo menos, de experiencia, que muitos reformados tem.
A vida é como é.
Cumprimentos.
João Gonçalves
De jogo da sueca a 31 de Março de 2008 às 23:38
para mim de facto também é uma surpresa.

porque ao que sei ainda existem algumas pessoas que quando se reformam pretendem ser voluntárias.

partia do principio que estivessem organizadas para acolher as pessoas...

mandar uma cartada