De marilena a 13 de Dezembro de 2008 às 20:07
Desculpe, mas não deixa de ser engraçado. Quando eu era criança todas as imagens de portugueses eram parecidas com esta, mas eu imaginava que isso fosse passado e que hj isso não existisse mais. Certamente uma pessoa com mais de 20 anos não teria dúvidas de que o "Seu Pedrão" e a "Dona Rita" são os portugueses, mas não sei se os mais jovens têm esta imagem na cabeça.
Eu particularmente passei por muitas brincadeiras por ser neta de portugueses e, como todo mundo diz por aqui, tenho cara de portuguesa. Mas nunca, jamais me incomodei; ao contrário sinto muito orgulho da minha ascendência e sempre me diverti muito com isso.
Ainda hoje, quando faço alguma coisa errada, os meus amigos falam imitando o sotaque portugues: "Esta minha ascendência!!!"
Infelizmente estes comentários fazem parte da nossa cultura, assim como os paulistanos (que nasceram na cidade de São Paulo) falam dos Bahianos (que nasceram no estado da Bahia), ou alguns portugueses falam de quem nasceu na Ilha da Madeira. Entao, acho que os portugueses não devem ficar zangados contra os brasileiros porque apesar das brincadeiras, eu não conheço um único portugues que sofra preconceitos no Brasil pelo fato de ter nascido em Portugual. Ao contrário, todo mundo adora a culinária, adora o ator portugues que está participando de uma novela aqui no Brasil e os descendentes dos portugueses estão muito bem misturados ao resto da população.

Agora um livro didático não pode propor um exercicio como este. O exercício é todo errado porque não se pode ensinar as pessoas a fazerem julgamentos pela aparência. É ridículo e eu tenho certeza que na escola dos meus filhos um livro como este não seria aceito.

Um abraço,
Marilena

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres