De Miguel a 23 de Dezembro de 2008 às 13:19
Estou inteiramente do lado dos seus colegas suecos. Essa de trabalhos onde os homens ou as mulheres sao melhores da-me vontade de rir. Enfim, seculos de preconceitos e' dificil sacudir numa geracao.
De jogo da sueca a 23 de Dezembro de 2008 às 22:13
Viva!

Miguel, há uma coisa que eu gostava de referir: o peso da tradição é, obviamente, terrivelmente forte na escolha da profissão.

De qualquer forma, acho que as nossas características biológicas também pesam na escolha de uma profissão. (e estas diferenças existem, basta pegar em factos científicos)

De qualquer forma o que me surpreendeu nesta discussão com os meus colegas, foi a sua falta de compreensão para com o meu ponto de vista.

O que no fundo mais me chocou foi que eu estive a discutir com eles defendendo o meu ponto de vista, mas sempre tendo em conta que o ponto de vista deles pode ser o mais correcto.

Pelo contrário, eles sempre estiveram a discutir defendendo o seu ponto de vista mas nunca aceitando que o meu ponto de vista pudesse ser viável.

Uma atitude nada sueca. O excesso de tolerância levou-os, neste caso, a ser mesmo muito intolerantes...
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres