De Alexandre Kulcinskaia a 23 de Dezembro de 2008 às 13:54
Isto faz lembrar aqueles filmes em que a principio tudo parece muito mas mesmo muito perfeitinho mas depois a perfeição começa a ser demais e deixa de ser tentativa de perfeição para começar a ser obsessão para no fim a obsessão se transformar num caos pior do que quando não se tentava alcançar a perfeição.
Para mim um homem é um homem e uma mulher é uma mulher. Por muito forte que seja uma mulher, eu acho por exemplo, que o trabalho de uma pedreira não seria o mesmo que um pedreiro. Se quiserem chamar de machismo, tudo bem.
Parabéns pelo destaque no Blogs do Sapo.
_____________________________
http://kulcinskaia.blogs.sapo.pt/
De jogo da sueca a 23 de Dezembro de 2008 às 22:21
Viva Alexandre!

Obrigado pelo contacto! Espero voltar a ver-te por aqui :)
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres